Localização das Coisas

by Rafael Pereira
0 comment

Com o avanço das tecnologias que permitem uma maior conexão, principalmente os dispositivos móveis, nota-se que o planeta está se estruturando em uma rede conectada, em todos os aspectos: pessoas, objetos, animais, edifícios, documentos, qualquer coisa – o que denomina-se Internet das Coisas (IoT). À isso, se somam os conteúdos que passaram a existir com o IoT, o famoso Big Data, que tem a promessa de ser um gerador infinito de Insights e estratégias, o que reestrutura totalmente o ambiente dos negócios.

Uma subcategoria desses dados, que estão ganhando a devida atenção dada sua relevância, são os dados baseados na localização do dispositivo. Isto é denominado ´´Localização das Coisas´´, que fornece a posição geográfica dos dispositivos IoT. Isso possibilita saber praticamente tudo sobre alguém, para onde ele vai, quanto tempo ficou, os caminhos que fez… Porém, ainda se discute a privacidade desses dados e como podem ser utilizados.

Um aplicativo amplamente utilizado que se utiliza desses recursos é o Waze, que sabe todas essas informações sobre cada usuário a partir de sua localização e de seus hábitos de locomoção, utilizando isso a seu favor, como também para outras empresas, que utilizam o aplicativo como mídia alternativa e inserem suas marcas na vida dessa pessoa, atingindo-a de forma mais contundente e qualificada.

Portanto, o principal recurso atualmente, em um mundo digital, é saber coletar, analisar e extrair tudo que há de valor dos dados. Isso é fundamental para enxergar novas oportunidades.

You may also like

Leave a Comment