Por que Black Friday?

by Rafael Pereira
0 comment

Com a última sexta-feira de novembro chegando, só se fala em Black Friday. Mas você já parou para pensar o porquê desse termo estar atrelado à maior data do consumo?

fonte:http://www.euemorlando.com.br/black-friday/

O termo surgiu na Filadélfia (EUA)  no início dos anos 1990, quando o dia após o feriado do Dia de Ação de Graças passou a ser denominado Black Friday por policiais, devido ao caos que se instalava com o início da temporada de compras para o natal. Outro fato que contribuiu para que esse nome se popularizasse foi a associação com o termo utilizado na crise financeira de 1869. Atualmente, a expressão também se remete ao conforto financeiro dos varejistas, isto é, a data que os permite a voltarem ao azul, havendo o maior faturamento do ano (do inglês ´´back to black´´,  sendo a cor preta para eles o sinônimo do que chamados de azul nas finanças).

Hoje já popularizada, a Black Friday chegou ao Brasil apenas em 2010, onde inicialmente ocorreu totalmente online, reunindo mais de 50 lojas do varejo nacional. Nos anos seguintes, seu sucesso foi sendo firmado, gerando um faturamento de R$1,2 bilhão em vendas somente na internet – o que corresponde a 3,5% do faturamento anual. Assim, a Black Friday passou a ser uma das datas mais importantes para o comércio online.

O evento não tem regulamentação, nem organização centralizada. Portanto, qualquer empresa, tanto virtual quanto física, pode fazer promoções e batizá-las com a expressão. Isto acaba sendo muito atraente, já que a procura pelo termo ´Black Friday´ cresceu mais de 300% do ano de 2012 para 2013, fazendo com que muitas agências de publicidade a focarem na data.

No entanto, nada é mil maravilhas. Uma prática que se aproveitou dessa onda de consumo desenfreado foram as práticas fraudulentas, utilizando-se de armadilhas de promoção como maquiagem de preços e falsos descontos. Por isso, a câmara de comércio eletrônico (Câmara e-net) criou o código de ética para a Black Friday e publicou uma lista de lojas  participantes regulamentadas segundo as normas da cláusula.

Mesmo assim, segundo uma pesquisa do Provar – Programa de Administração do Varejo – o preço de 1/5 dos produtos foi aumentado na data, causando a indignação dos e-consumidores, que consequentemente criaram o termo ´´Black Fraude´´ para se referir a essa fraude. E, essa desconfiança é ruim, pois de acordo com um estudo realizado em 2014 pela Opinion Box em parceria com o Mundo Marketing, a cada 4 brasileiros, 3 pretendiam aproveitar a data para realizar compras online, porém 42% duvidavam dos descontos oferecidos.

Uma ótima forma para contornar essas armações é utilizar plataformas que comparam preços, como EconoVia ouBuscapé, que mostram o histórico de preços dos produtos.

fonte:http://yogui.co/black-friday-uma-visao-espiritual/

Da mesma forma que ocorre anualmente nos Estados Unidos, o Brasil também aderiu fortemente à prática da loucura das compras dessa data específica, ocorrendo em quaisquer tipos de loja.

Fique atento! A Black Friday acontece agora, nesta sexta, dia 24 de novembro. Boas compras!

You may also like

Leave a Comment