Usuários que não leem os termos de uso

by Rafael Pereira
0 comment

Nós que trabalhamos diariamente com varejo digital sabemos bem os problemas causados por leis que favorecem bastante o consumidor em devoluções e contestações abusivas e o pior, ninguém lê os termos de uso, as políticas de devolução para entender melhor o funcionamento da loja, o tipo de produto, os problemas vinculados a abertura de embalagens, etc…

97% das pessoas entre 18 e 34 anos não leem uma palavra do termo de uso de redes sociais e/ou aplicativos. E o pior, para se proteger as marcas acabam escrevendo termos de uso gigantescos para pessoas desinteressadas em vê-los.

É assustador ver de perto o impacto dessa proteção, para citar alguns termos de uso, baseado em uma média de 240 palavras lidas por minuto e somando as palavras dos termos de uso, veja quanto tempo demora para se ler em alguns dos principais aplicativos, lojas (e-commerces), redes sociais e softwares:

– Facebook – 17 minutos e 12 segundos de leitura.
– Instagram – 9 minutos e 42 segundos de leitura.
– Spotify – 35 minutos e 48 segundos de leitura.
– Amazon – 14 minutos e 12 segundos de leitura.
– Zoom – 30 minutos e 12 segundos de leitura.
– Uber – 23 minutos e 36 segundos de leitura.
– Microsoft – 1 hora, 03 minutos e 30 segundos de leitura.
– Twitter – 23 minutos e 30 segundos de leitura.
– Tinder – 25 minutos e 54 segundos de leitura.
– Linkedin – 18 minutos e 06 segundos de leitura.
– Netflix – 11 minutos de leitura.
– Youtube – 13 minutos e 42 segundos de leitura.
– Tik Tok – 31 minutos e 24 segundos de leitura.

Para se ter um comparativo, usando a mesma regra de leitura você leria de ponta a ponta o Código de Hamurabi em 26 minutos e 36 segundos ou a Arte da Guerra de Sun Tzu em 50 minutos e 06 segundos. Isto demonstra primeiro o tamanho da preocupação com essa segurança para as marcas como também demonstra o quanto elas estão expostas a todo tipo de problema pelo serviço ou produto que entregam ao consumidor.

O fato mais interessante sobre isto é que apesar de ser uma forma de se proteger, a maioria esmagadora das pessoas ignora completamente a leitura e claro, mesmo que quisesse jamais faria uma leitura de 30, 40 minutos. Se você reparar, entrando em qualquer jornal do mundo, vai notar que todos tem um “LEIA MAIS” ou “CONTINUE LENDO”, basicamente temos um paragrafo com a síntese e um leia mais, porque ninguém lê!

O problema começa aí, ninguém lê mas reclama do que não leu, por isto é preciso estar preparado para o mercado digital, incluindo toda parte legal do projeto. Como sempre digo, pesquise e utilize uma consultoria que entenda do universo digital de forma completa.

Ficou interessado em mais sobre o assunto? Fala com a G+P!

You may also like

Leave a Comment